13.8.09

O Trabalho é o exato oposto de Criação, que é um Jogo.  

3 x23 comentários


Eu só fui capaz de ver alguma coisa de valor no mundo quando parei de ser um sério membro da sociedade e me tornei: eu mesmo. Estado e nação, não passam de uma grande agregação de indivíduos que repetem os erros de seus antecessores. Eles foram pegos na Roda desde o nascimento e ali ficarão até a morte – e eles tentaram dar sentido a seus pêndulos de frustração e ansiedade chamando-os de “vida”.

Se pedíssemos a qualquer um que explicasse ou definisse Vida, teríamos uma resposta em branco. "Vida" é o que filósofos tratam em livros que ninguém lê. Aqueles bem no meio dessa vida, “que se encaixam bem num arreio”, nem tem tempo para questões tão indolentes. “Você tem que comer não é?” Essa resposta, uma improvisação manjada, se não uma merda completa, é uma completa merda para alguém que sabe o que significa; é uma pista para todas as questões que bebem dalguma fonte euclidiana.

A partir de algumas leituras percebi que os homens que melhor vivem a vida, que moldam a vida, que são a própria vida, comiam pouco, dormiam pouco e possuíam pouco ou nada. Eles não têm nenhuma ilusão sobre o dever, de perpetuação de sua espécie ou de preservação do Estado.
Eles são interessado na verdade e somente a verdade. E reconhecem apenas um tipo de atividade, a criação. Ninguém poderia mandá-lo servir, porque lhes era de próprio agradado dar tudo. E davam sem cobrar nada em troca, porque essa é única forma de dar de verdade.
Isso é vida, não o simulacro que pessoas a minha volta veneram. Essa é a vida com que concordo: ela me faz sentido. ”


traduzido e adaptado por Timóteo Pinto

Links para esta postagem

3 x23 comentários: to “ O Trabalho é o exato oposto de Criação, que é um Jogo.


  • 13/8/09 22:07  

    http://thaiscoms.blogspot.com/2009/02/transformai-o-trabalho-em-jogo.html

    oi

    (=


  • 14/8/09 22:52  

    henry miller rulez btw


  • 15/8/09 17:15  

    =D

Related Posts with Thumbnails