29.6.09

emergência  

0 x23 comentários

de mario quintana

Quem faz um poema abre uma janela.
Respira, tu que estás numa cela
abafada,
esse ar que entra por ela.

Por isso é que os poemas têm ritmo
- para que possamos profundamente respirar.
quem faz um poema salva um afogado.




Literalmente me serviram esse poema numa bandeja, no aniversario de 1 ano dum sagaz evento periódico de literatura organizado por alunos do Pedro 2o.
O li e me lembrei do RAW.

22.6.09

Psiconautas, AVANTE!  

0 x23 comentários

eventos em Neurociencias desta semana

<********@biof.ufrj.br> 22 de junho de 2009 14:47
Para: ********@gmail.com



Dia 23
3ª feira
EXTRA
12h- Aud. Biblioteca Central, CCS, Cidade Universitária, UFRJ.
Internal model of gravity : from behaviour to neural substrates
Dr. Thierry Pozzo
Unite de Motricite et Plasticite, Universite de Bourgogne/INSERM.

Dia 24
4a feira
13h-17h - Auditório Hélio Fraga, Bloco K - 2o. Andar
CCS, Cidade Universitária, UFRJ.
Colóquio:
ESCOLAS DA PERCEPÇÃO
Coordenação: Maira Fróes e Cecília Hedin-Pereira, UFRJ.

Dia 26
6a feira
9-12h- Auditório do Inst. de Biofísica Carlos Chagas Filho, Bloco G, sala G1-022, CCS, Cidade Universitária, UFRJ.
Simpósio de Comemoração dos 70 anos da Profa Leny Cavalcante.
Programa em anexo.

--
Mariana S Silveira, PhD
Av. Carlos Chagas Filho , 373.
Instituto de Biofisica Carlos Chagas Filho - UFRJ
Edificio do Centro de Ciencias da Saude, Bloco G, sala G2-004/019
Cidade Universitaria, Ilha do Fundao
Rio de Janeiro, RJ
CEP: 21941-902
phone: 55 21 25626562/ 55 21 25626537
fax: 55 21 2280 8193



------------------------------
----------------------------------
This message was sent using IMP, the Internet Messaging Program.



19.6.09

Tentando não Fugir  

1 x23 comentários

Pergunta importante (para mim), ou, Tudo simultâneo

A mente surge na dependência do mundo (não é independente do mundo). O mundo imprime a mente (como se fosse uma pergunta). A mente devolve algo ao mundo (como se fosse uma resposta). O que ela responde?

17.6.09

Pareidolia e a Política do Agora  

5 x23 comentários

esse é o produto dum desafio proposto pela minha professora de filosofia.
Com outras palavras ela disse: "sua redação sobre como decartes é um merda está, hm, uma merda".
E eu, também não com essas palavras, "filha da puta! você vai ver!!" e ela "manda ver, pica-pau!" para dias depois eu escrever isso:

As perguntas a serem respondidas são: o que é verdade? o que é real? Mas temos "Verdades" e verdades objetivas, fatos; também temos o "Real" e o real a partir do individuo e sua cultura , sua visão de mundo.

A mais de duas décadas, cientistas, neurocientistas, psicólogos e filósofos têm nos mostrado como boa parte das experiências cognitivas (percepção, pensamento, atenção, raciocínio...) que temos são hologramas baseados na nossa "programação" cerebral. Há cores que não podemos ver, paradigmas que não conseguimos superar, arquétipos, etc.

Na busca pelo Real e pelo Verdadeiro esbarramos nas paredes da cela que é nosso cérebro e nossa psique. Mas não "paramos" nisso. Criamos mundos e mundos de semiose (metáforas, símbolos, signos, etc) e simulacros na esperança de nos transubstanciar para além dessa cela. Mas tudo o que conseguimos foi uma pareidolia - que é "trocar o território pelo mapa", como ver grunhidos hominídeos como "fala" e não conseguir mais ver outra coisa além de fala.

E essa tal pareidolia, quase (?) esquizofrênica, serviu de passaporte a um exílio ao mundo das idéias. suprimimos o "Agora" em busca do que já foi e do que ainda não veio. Nos projetamos tão longe de nossa "cela" que a esquecemos quase por completo, deixando-a uma zona. Nossas sociedades, "nossas" "culturas"*, nossas famílias, nossas mentes, nosso planeta.

E o Real? Caso de fato exista, está mais longe que podemos alcançar, ao contrário do Agora, que urge por nós como o azul do céu.

*cultura - referente ao cultivo de plantas, animais e/ou pessoas.

6.6.09

O Homem Multi Orgásmico  

0 x23 comentários

isso não é livrinho qualquer.
nem não serve pra resolver "dores de barriga"
mas compoem uma parte importante do desenvolvimento holotrópico (do todo) pessoal.
trata do tema de uma forma sagaz e com muitas referencias ao tantra, ao taoismo e kung fu e outros sistemas espirituais pela presença de sistemas filosóficos e concepções relacionadas às bioenergias extremamente válidas.




clique na imagem para ir direto à fonte do download,
um exelente blog que posta scan de livros diariamente.

1.6.09

não, eu não morri de novo, não muito  

1 x23 comentários

tá morri sim.

mas o otário que tomou lugar dessa existência também preza pelo blog.
a merda é que todo dia ele é chicoteado, cuspido e sodomizado com um cigarro aceso, de 7h as 12h.
dai no resto do dia ele jura que se esforça pra não ficar só lambendo as feridas,
mas dai justamente o tempo em que ele nao é torturado ou se recupera ele pertence à Clara,
além de ler p caralho, fazer estencil, oficina de malabares, cacofonia, xilogravura, artesanato subversivo, algumas yogas e...

sabe que acho quele tem estado mais ativo que a meses antes?!
devem ser aqueles cigarrinhos da manhã... ¬¬

enfim
nao entro na internet a semanas e nem coseguiria, se tivesse tempo, deu defeito no problema na net daqui de casa..

mas to traduzindo um texto FODAO e escrevendo um pouco, cabei de ler o Notas do Subterrânio do Dostoievisky e to relendo Zaratustra.
dai, daqui a pouco volto com tudo!
e...

Amém =D

Related Posts with Thumbnails