23.12.08

hahaha NÃO! EU sou a 23a postagem!!!  

0 x23 comentários

olha, eu sou a 23ª postagem do ano!  

0 x23 comentários

ave!

19.12.08

Fim ?  

5 x23 comentários


É sem remorços ou despedidas que anuncio o fim do cachaça, segundo nome de Pedro Nascimento de Olivera.

não houveram últimas palavras.
ele não acreditava em vida após a morte.
ele não morreu feliz,
nem satisfeito.

18.12.08

Estados Alterados de Consciência 'Free From Drugs'  

0 x23 comentários

ou
EACFFD

:)

Através dos estados alterados nos alcançamos uma experiencia divina, acessamos uma fonte de Sabedoria Superior, curamos nosso corpo, nos conhemos melhor através das visões, expandimos a nossa consciência.

Quimiognose:
O fato de importantes substâncias alucinógenas e hormônios cerebrais possuírem a mesma estrutura básica não é uma simples coincidência.
Essa surpreendente relação pode explicar a potência psicotrópica desses alucinogênicos.
Possuindo a mesma estrutura básica, esses alucinógenos podem agir nos mesmos pontos do sistema nervoso nos quais atuam os hormônios acima, como se fossem chaves similares encaixando-se nas mesmas fechaduras.

Resumindo:
Podemos usar esses quimicos q nosso proprio corpo produz e induzir estados alterados de consciência: free from drugs.


Como?

EXERCÍCIOS:

A) Este exercício provoca, na mente, alterações semelhantes às produzidas pelo consumo de derivados potentes da Maconha (Canabinóides como o Skunk, Haxixe, Bhang, Charas, Tintura de THC, etc.). Para realizar este exercício, as técnicas empregadas são simples. Bastará sentar-se numa poltrona bastante confortável, num ambiente pouco iluminado e longe de ruídos ou distrações. Aromas agradáveis, como os emanados da queima de incensos, são favoráveis ao momento. As roupas usadas devem ser leves e soltas, e a pessoa precisa sentir-se confortável, não passando frio nem calor. Uma música ambiente, de preferência instrumental, poderá contribuir positivamente.

Primeira prática: A pessoa deverá iniciar uma respiração ritmada da seguinte forma: 1) Inspirar, pelo nariz, profundamente, mas sem esforço, contando, mentalmente, até quatro, enquanto enche os pulmões de ar; 2) Manter os pulmões repletos de ar, sem forçar, enquanto conta, mentalmente, até quatro; 3) Expirar, pela boca, todo o ar dos pulmões, enquanto conta até quatro; 4) Manter os pulmões vazios, enquanto conta até quatro; 5) Repetir todo o procedimento por pelo menos vinte vezes; 6) Nesse momento, a pessoa já deverá estar com seus horizontes mentais bastante alterados e expandidos; 7) Tendo passado algum tempo (cerca de uma hora), a pessoa já deverá estar voltando "ao normal", podendo, então, reassumir sua "mente comum". Este exercício é tão poderoso que só deve ser realizado estando seu praticante sentado, sob risco de a pessoa perder o equilíbrio e cair, caso esteja em pé. Também não deve ser realizado deitado, pois deve-se evitar adormecer no curso de sua execução.

B) Este exercício produz, na mente, alterações semelhantes às provocadas pelo uso de Drogas Psicodélicas (ou Alucinógenas) como o LSD, o DMT, a Psilocibina (dos Cogumelos Psilocíbicos), a Psilocina (dos mesmos Cogumelos), a Mescalina (dos Feijões de Mescal e do Cacto Peyote), a Muscarina (dos Cogumelos 'Amanita muscaria" ou "Fly Agaric"), o TMA-2 (da Raiz do Cálamo) e as Anfetaminas Psicodélicas (ICE, CAT, MET, MDA, MDMA - o "Ecstasy"), entre outras. Este exercício chama-se, muito apropriadamente, "deixar cair". E sabem o que cai? Você! Isso mesmo! Primeiramente, você deve colocar um colchão de casal no chão. Deve forrá-lo, lateralmente, com travesseiros ou almofadas. Precisará, também, da ajuda de dois ou três amigos. Como é realizado: 1) Coloque-se em pé e de costas para o colchão; 2) Peça aos seus amigos que postem-se na parte externa do colchão, mas de forma a poderem ampará-lo antes que você atinja o solo - no caso, o colchão; 3) Procure não pensar em nada, nem sentir medo - afinal, mesmo que seus companheiros não consigam ampará-lo, você só atingirá o colchão; 4) Feche os olhos, e mantenha-os assim; 5) Coloque a ponta de sua língua no palato (céu-da-boca), o que conectará os hemisférios frontal e traseiro de seu corpo, além de fazer com que você conecte-se com sua Pituitária, localizada acima do palato, e onde se situa o centro de seu Ser; 6) Faça uma respiração ritmada inspirando e contando até 7 (sete), mantendo o ar retido nos pulmões enquanto conta 1 (um) tempo, solta o ar contando até 7 (sete), mantendo os pulmões vazios contando 1 (um) compasso. Essa respiração de poder recebe simplesmente o nome de "7-1-7-1". Outra alternativa igualmente viável é outra respiração idêntica, só que noutro compasso: "6-3-6-3", ou seja, inspirar contando até 6 (seis), reter o ar contando até 3 (três), soltar o ar contando até 6 (seis), daí mantendo os pulmões vazios contando até 3 (três); 7) Realizar uma das respirações escolhidas por, pelo menos, cinco vezes; 8) Agora é a hora de "deixar cair", ou seja, deixar-se cair para trás; 9) Seus assistentes só deverão sustentá-lo quando faltar menos de dois palmos para que você atinja o solo (o colchão), permitindo-lhe uma queda livre relativamente grande; 10) Repita o exercício por, no mínimo, três vezes, mas não mais de vinte vezes.

C) Este exercício provoca alterações, na mente, semelhantes às produzidas quando se usa Afrodisíacos poderosos, como o Yohimbé, o Kala-Kiji, o Yuhba-Gold, para citar alguns. Trata-se de uma prática Tântrica, ou seja, uma fusão de sexualidade e espiritualidade. É segredo guardado zelosamente nos secretos círculos do poder oculto o fato que qualquer pensamento ou desejo mantido na mente durante o orgasmo se concretizará. Ou seja, mantendo-se na mente determinado desejo, durante a prática sexual (seja heterossexual, homossexual ou masturbatória), essa "forma pensamento" encarnará, por assim dizer, na energia do orgasmo, tendo como missão de sua existência a realização do desejo que o originou. Mas, o que poucos sabem, é que existe outra técnica sexual, de idênticos poderes mágicos, que permite, além dessa realização dos desejos, uma extraordinária expansão da mente, atido ao mesmo tempo. Trata-se da técnica conhecida como "karezza", que consiste em, repetidamente, praticar a masturbação até bem próximo do momento do orgasmo, quando então suspende-se a estimulação. Isso é feito cinco, dez vezes, até que o corpo desista de atingir o orgasmo. E é exatamente nesse momento que a mente se expande para dimensões além da imaginação...

D) Este exercício altera a mente nos moldes dos efeitos provocados pelo consumo do Estramônio (ou Trombeta, Datura, Lírio Roxo), do Acônito, da Mandrágora, da Losna (ou Absinto) e da Beladona, entre outros perigosos Delirantes. Esta técnica recebe o nome, muito apropriadamente, de "postura da morte". Se você tem qualquer problema psíquico, respiratório ou circulatório, não faça, jamais, uso desta técnica. Ela consiste em, estando num lugar onde se possa cair sem ferir-se (como estando sentado numa cama, ou no chão, mas cercado de almofadas, por exemplo), manter-se a mente vazia e, ao mesmo tempo, prender a respiração. Enquanto se prende a respiração, tampa-se, com as duas mãos, a boca e as narinas, de modo a realmente sentir-se impedido de respirar. Prende-se a respiração até não poder mais, e então... prende-se mais um pouco! Manter-se assim até sentir mal, mas mal mesmo, e então... prende-se ainda mais! Quando sentir-se estar a ponto de, literalmente, morrer sufocado, libera-se a respiração, ao mesmo tempo em que solta o corpo, deixando-se cair.

veja mais:
>>
http://www.rizoma.net/interna.php?id=134&secao=neuropolitica
>>
http://www.salves.com.br/altstatesconsc.htm
>>
http://www.ippb.org.br/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=303

7.12.08

Altruísmo  

0 x23 comentários



Dói em mim o que não faço por ti
E continuo nada fazendo

quando louco
um pouco

desumanamente
pouco

e lucro
com cada
pouco.


4.12.08

Terence Mckenna o/  

1 x23 comentários





Terence Mckenna (1946-2000) foi um grande estudioso e pesquisador dos fundamentos do Xamanismo e da Farmacologia Etnica para a transformação espiritual.


Sucessor de Timothy Leary na defesa do 'movimento pró-psicodélicos'.

RECLAIM YOUR MIND!

3 audios em ingles dele:

http://www.4shared.com/file/74264217/66611c0f/Terence_Mckenna_audios_01.html


27.11.08

RAW - Uma Pequena Coletânea  

2 x23 comentários

pois é isso ae, um reunião mutante de alguns textos de Ben Mack, Mordecai Malignatus, Mordecai o Tolo, Reverendo Loveshade. Robert Anton Wilson, o mestre.






20.11.08

Como conheci terrorismo poético/RAW/discordianismo  

0 x23 comentários



e

um exercício para começar a abrir tua mente.


mais ou menos em maio/08 eu coloco a seguinte frase no msn:

"o conhecimento é libertário"

e me esqueço dela, até um amigo vir e puxar assunto sobre ela e falar:

"já ouviu falar no manual do delinquente juvenil?"

"não"

nessa eu tava entediada e fui no google procurar.

Achei o ebook pra baixar (mas incrivelmente nao achei o blog... estranho.).

Nesse dia leio o primeiro manual inteiro.(ja falei q nao tinha nada melhor pra fazer??)
hehe..

(:

Nessa eu conheço a coisa toda do "terrorismo poético" e afins..

e converso mto com meu amigo sobre.

Ele tenta me convencer a ir com ele fazer algumas coisas, e etc etc etc...

Minha pesquisa com o foco no manual se estende até o ÓÓrkut. Lá eu entro na comunidade. Posto algo no tópico de apresentação e nosso querido amigo TimPin me add no msn.

Nessas já tinha lido algo sobre o discordianismo e fuçando mais e mais e de ter lido mtooo mesmo acho ÉRIS no msn. :)
mgroup44237@hotmail.com

yo! tchuuuuuuuuunz

e assim conheço mta gente, mta gente interessante e minimamente pensante. ou quase isso.

(Também começo a entrar em contato com Magick em outro nivel... mas essa é outra história.)

RAW

é o

meu pastor

e nada

me

faltará

ééé... o RAW é foda.

E apesar de eu nem saber o q era sincronicidade e tals.......... veja só onde vim parar.
:)

escrevendo este post me lembrei de um exercicio q o RAW ensina, q ele aprendeu com o Crowley que aprendeu com monges budistas e q está nesse audio:
>>>>http://www.4shared.com/file/72053737/a6f36a3e/consciousness_drugs_yoga_and_more.html

mas como eu sou boazinha e acho q ninguem é obrigado a entender ingles vou explicar mais ou menos como é.

Você senta numa posição relaxada, quem sabe na sua posição de meditação preferida.

E busca o máximo de respostas possiveis pra seguinte pergunta:

-Por que eu estou aqui fazendo este exercício?

Exemplo:

- eu estou aqui porque estava escrevendo um post, porque conversei com o cachaça e ele me lembrou que eu ainda nao postei nada aki, e eu estava conversando com ele pq semana passada eu comecei a fuçar o tudismocred e achei o msn dele la e o adicionei, e eu ja o tinha visto no cheshire, q nao conheceria se nao tivesse adicionado a Eris...

Este exercício é uma "SIMULAÇÃO DE ILUMINAÇÃO".
(deve-se fazê-lo umas três vezes por mês)

Fazendo-o vc se torna consciente da infinidade de fatos e coincidências e sincronicidades e acidentes e conexões inexplicaveis... q fizeram vc chegar até onde está agora.

:::

Por hj é só.

16.11.08

Universo Interno  

6 x23 comentários

(Inner Universe)

de http://www.aepalizage.com/lhp/believe.html
traduzido por Timóteo Pinto.



Você é responsavel por tudo em que acredita, não importa como essas crenças chegaram a você. No fim, isso foi passado com a sua aceitação.

Montando o Inventário

Antes de mudar consciênciente, você tera que parar e montar um inventário do seu túnel de realidade, montar Inventário MetaConceitual. Para começar, escreva sua opnião/crença/conhecimento/meme-chave em relação às palavras-chave abaixo. Faz bem fazer a lista num editor de planilhas (Excel por exemplo), ao invés de papel-e-caneta, porque terás de voltar a ela várias vezes para adicionar/editar coisas:

Dinheiro e econômia

Amor e Dinheiro

Comunicação com os outros

Sua cidade

Seu País

O mundo em geral

Quem é Você

Seus talentos

Suas emoções

Seu passado

Seu futuro

Vida

Suas metas

Sua família

Seus amigos

Seu corpo

Sua saúde

Seus limites

Sua inteligência

Suas habilidades

Sexualidade

Pensamento, pensar

Comportamento, apreço, conduta

Capacidade

Crença

Grupo

Origem

Homem e Mulher

Divindade

Sorte

Moral e Ética

Tristeza

Status

Poder

Fatalismo

Autoridade

Verdade

Espiritualidade, Magia e Consciência

Desejo

Essa lista é o primeiro estágio de seu Inventário. O tão atento e profundo for o olhar sobre isso, mais "crenças" você vai encontrar. No futuro você pode ir adicionando as que vão se formando.

Escreva suas idéias o mais HONESTO possível. Lembre-se de estar escrevendo para sí, e não apresentando-as para alguém, lembre-se também de não botar o que você gostaria de acreditar ou o a que você deveria ter.

A Sua Realidade é influenciada por estes conceitos básicos, e não os que você acha que deveria ter.

Depois de ter preenchido essa planilha, leia-a de novo, veja tudo o que escreveu como memes (ou outro tipo de visualização de pensamentos como coisas sólidas) que estão presentes na sua consciência e que influenciam o mundo vivênciado em Vários Níveis. Procure por coerência entre suas crenças e o que você vivencia.

De onde vem

Agora que você tem uma boa lista, já da pra brincar com ela! Começe por adicionar a coluna "Origem".

Exemplos de onde um meme específico pode ter vindo é: de seus pais, TV, livro/revista/jornal faculdade, seita, amigos, blogs, internet em geral...

Mesmo quando não se sabe de onde veio, examine-o, as vezes pode-se se esclarecer com uma análise mais paciente. E procure pelo primeiro-contato com precisão, também.

Quem pensa diferente

O proximo passo é uma mudança experimental na percepção. Cate alguns itens da lista e pergunte a sí que pessoas pensam o contrário. Por onde for mais dificil ou contrastado, é o onde deve haver maior foco.

Você Quer acreditar nisso ou não?

De novo à lista, ponha + ou - (ou qualquer outra coisa com a mesma função) para cada crença. Sendo uma construtiva, inspiradora ou motivadora, use o '+', ou se te atrasa e cria mais problemas que resolve, ponha o '-'. Se não há certeza, use um '/', por exemplo.

Também de uma olhada no que pra você te faz andar para frente e o que lhe embarreira (a ferramenta de filtragem d'alguma coisa como um Excel cai bem) .

Tenha em mente que crenças negativas não são necessariamente impeditivas. Teimosia por exemplo, é.

Quão certo você está da veracidade de suas crenças?

Mais uma coluna, com números de 1 ('no meu mundo imaginário') a 10 (verdade sólida). A numeração intermediária vai de "não muito provavel" por "não tenho certeza" a "bastante real". Mais uma vez, seja sincero, não escreva como se fosse para alguém, é só você ai.

Quando tiver terminado, relacione a pontuação dada com a força dela sobre seu túnel de realidade. Geralmente, quanto mais você a tem como 'real' mais ela afeta sua 'realidade'.

Ponta Cabeça

Agora, ponha uma coluna com o nome de "Inversão" e pegue os itens negativos. Procure por seus antônimos, procure pelo que você acha melhor de se acreditar ou que você acha que seja mais correto/útil/custo-benefício/ético/positivo.

Quando tiver terminado, terás a lista para trabalhar.

Levantando Certezas

Agora que você adicionou uma coluna julgando a veracidade de cada item. Que tal brincar com eles imaginando como seria adicionar ou subtrair um ponto? (filtrando os que já tem 10, por favor)

E começe tranquilo com os mais simples pra só depois de ter pego o jeito partir para os mais importantes.

Extruturando crenças

E agora pode-se por outra coluna, escreva todas as evidências, experiências e qualquer coisa que suportem suas crenças.

E essa evidências, será que não são crenças também? Se sim, cê a acabou de encontrar crenças escondidas, prontas para serem adicionadas à lista. Memeplexos suportando terceiras crenças também devem ser enfrentados se procuras efetividade. Encontrar conexões costuma ser válido para dissolver essas coisas.

Traduzindo experiências em crenças

Pra encontrar mais crenças disfarçadas, começe a tomar nota de experiências durante seus dias. Da pra desenterar uma caralhada delas que se originaram nas tais experiências e que foram automatizadas. As positivas podem ajudar bastante e serem efetivas, já as negativas, estão ai para te escravizar.

Tendo seguido os métodos descritos acima, você deve ter coletado uma loonga lista de crenças as quais você pode trabalhar bastante, mu-dar, des-integrar, a -di- cionar e experimentar!

É com você.


5.11.08

recesso.  

0 x23 comentários

no dia 5/11/2008, as 23:55 declara estar se desligando temporariamente de funções poético-terroristas, inclusive o blog e os eventos cacofônicos.
não se sabe porque, nem queiram saber.
especula-se que durará em torno de uma semana, talvez mais, talvez.

por enquanto é isso.

3.11.08

HIP! HIP! HIPNOSE!!!  

2 x23 comentários

daqui


Manual prático do Hipnotizador

Este Curso de Hipnotismo foi criado para habilitar o estudante com as técnicas e referêncial teórico da hipnose. Trata-se de um trabalho original de Luiz Henrique feito a partir de documentação pública e gratuítas.

Aqui o estudante esforçado encontrará um verdadeiro guia sobre a indução e exploração deste estado diferenciado de consciência que torna a mente mais receptiva e aberta ás sugestões mentais, com consequências psicológicas, comportamentais e físicas inclusive.

Trata-se de um programa par aauto-didatas, portanto o empenho e entusiasmo pessoal são fatores determinantes para o sucesso. Força de Vontade será recompensada com as raras habilidades que a hipnose oferece.

Programa do Curso


Preparatório I - Introdução à Hipnose

Preparatório II - Experiências de Hipnose no estado de Vigília

Lição I - O hipnotismo considerado como agente na vida humana

Lição II - Método de sugestão verbal

Lição III - A arte de aplicar o Mesmerismo

Lição IV - Método de Hipnose empregado na Índia

Lição V - Método para hipnotizar diversas pessoas

Lição VI - As qualidades de um bom hipnotizador

Lição VII - Quais são os melhores pacientes?

Lição VIII - Exemplo característico de Hipnose

Lição IX - O espírito semiconsciente

Lição X - Diferença entre o hipnose e o sono natural

Lição XI - As sugestões pós-hipnóticas

Lição XII - O estudo de catalepsia

Lição XIII - Como aumentar a força muscular pela hipnose

Lição XIV - Um processo apreciável

Lição XV - O valor do hipnotismo para o médico

Lição XVI - Método para influenciar as mulheres nervosas

Lição XVII - O hipnotismo para o dentista

Lição XVIII - O hipnotismo aniquilador da dor

Lição XIX - Fatos concernentes ao hipnotismo instantâneo

Lição XX - Suscetibilidade dos pacientes

Lição XXI - Sobre a Clarividência

Lição XXII - Cura do vício da embriaguez pelo hipnotismo

Lição XXIII - Como acordar o paciente

Perguntas e Respostas Finais



1.11.08

A Batalha pela sua Mente  

3 x23 comentários

se você se acha um livre pensador, leia esse texto e pense de novo.



A Batalha pela sua Mente
Dick Sutphen

introdução

O nascimento da conversão religiosa/lavagem cerebral no Revivalismo Cristão em 1735. A explicação pavloviana das três fases cerebrais. Pregadores renascidos: passo a passo, como eles conduzem o reavivamento e os resultados fisiológicos esperados. A técnica de "voz ritmada" usada por pregadores, advogados e hipnotizadores. Novas igrejas do êxtase. Os seis passos para a conversão. O processo de decognição. Técnicas de parar o pensamento. A técnica "venda com fanatismo". Os verdadeiros crentes e os movimentos de massa. Técnicas de persuasão: "sim, sim", "comandos embutidos", "choque e confusão" e a "técnica intercalada". [Técnicas] subliminares. Vibrato e ondas ELF [freqüência extremamente baixa]. Indução ao transe com vibrações sonoras. Mesmo observadores profissionais serão "possuídos" nas assembléias carismáticas. A técnica "única esperança" para assistir e não ser convertido. Programação não-detetável com Neurofone, através da pele. O meio de controlar as massas.

Eu sou Dick Sutphen e esta fita é uma gravação de estúdio, uma versão expandida de uma conferência que fiz na Convenção do Congresso Mundial de Hipnotizadores Profissionais em Las Vegas, Nevada. Embora a fita traga um copyright para protegê-la de duplicações e vendas ilegais, neste caso, eu convido os indivíduos a fazer cópias e dá-las aos amigos ou qualquer pessoa em posição de divulgar esta informação * .

Embora eu tenha sido entrevistado acerca deste assunto em muitos locais, rádios e programas de entrevistas em TV, os meios de comunicação de massa parecem estar bloqueados, porque isto poderia resultar em desconfiança e investigações dos meios de divulgação e de seus patrocinadores. Algumas agências governamentais não querem que esta informação seja divulgada. Nem os movimentos de Novos Cristãos, os cultos, e mesmo muitos treinadores de potencial humano.

Cada uma das coisas que vou relatar apenas exporá a superfície do problema. Eu não sei como o abuso destas técnicas pode ser parado. Eu não penso que seja possível legislar contra algo que freqüentemente não pode ser detectado; e se os próprios legisladores estão usando estas técnicas, há pouca esperança de o governo usar leis assim. Sei que o primeiro passo para iniciar mudanças é gerar interesse. Neste caso, apenas um movimento subterrâneo poderia provocar isto.

Falando deste assunto, estou falando acerca de meu próprio negócio. Eu sei disto, e sei quão efetivo isto pode ser. Eu faço fitas de hipnose e [de técnicas] subliminares, e, em alguns de meus seminários, uso táticas de conversão com os participantes para torná-los independentes e auto-suficientes. Mas, sempre que uso estas técnicas, eu ressalto que estou usando-as, e todos podem escolher entre participar ou não. Eles também sabem qual será o resultado desejado.

Então, para começar, eu quero declarar o que é o fato mais básico de todos acerca de lavagem cerebral: EM TODA A HISTÓRIA DO HOMEM, NINGUÉM QUE TENHA SOFRIDO LAVAGEM CEREBRAL ACREDITARÁ OU ACEITARÁ QUE SOFREU TAL COISA. Todos aqueles que a sofreram, usualmente, defenderão apaixonadamente os seus manipuladores, clamando que simplesmente lhes foi "mostrada a luz"...ou que foram transformados de modo miraculoso.


na integra:

http://www.mortesubita.org/psico/textos/a-batalha-pela-sua-mente/view
ou
http://www.geocities.com/realidadebr/textos/batalha.htm
ou...

27.10.08

Os Níveis do Ser-Humano  

0 x23 comentários

conto sufi sobre os sete níveis da consciencia

Há alguns anos, um buscador aproximou-se de um Mestre da Arte Real (um verdadeiro Místico) e perguntou-lhe:

- Mestre, gostaria muito de saber por que razão os seres humanos guerreiam-se e por que não conseguem entender-se, por mais que apregoem estar buscando a Paz e o entendimento, por mais que apregoem o Amor e por mais que afirmem abominar o ódio.

- Essa é uma pergunta muito séria. Gerações e gerações a têm feito e não se conseguiu uma resposta satisfatória, por não se darem conta de que tudo é uma questão de nível evolutivo. A grande maioria da Humanidade do Planeta Terra está vivendo atualmente no nível 1. Muitos outros, no nível 2 e alguns outros no nível 3. Essa é a grande maioria. Alguns poucos já conseguiram atingir o nível 4, e pouquíssimos o nível 5, raríssimos o nível 6 e somente de mil em mil anos aparece algum que atingiu o nível 7.

- Mas, Mestre, que níveis são esses?

- Não adiantaria nada explicá-los, pois além de não entender, também, logo em seguida, você os esqueceria e também a explicação. Assim, prefiro levá-lo numa viagem mental para realizar uma série de experimentos e aí, tenho certeza, você vivenciará e saberá exatamente o que são esses níveis, cada um deles, nos seus mínimos detalhes.

Colocou então as pontas de dois dedos na testa do consulente e, imediatamente, ambos estavam em outro local, em outra dimensão do Espaço e do Tempo. O local era uma espécie de bosque e, um homem se aproximava deles. Ao chegar mais perto, disse-lhe o Mestre:

- Dê-lhe um tapa no rosto.

- Mas por quê? Ele não me fez nada...

- Faz parte do experimento. Dê-lhe um tapa, não muito forte, mas dê-lhe um tapa!

E o homem aproximou-se mais do Mestre e do consulente. Este, então, chegou até o homem, pediu-lhe que parasse e, sem nenhum aviso, deu-lhe um tapa que estalou. Imediatamente, como se fosse feito de mola, o desconhecido revidou com uma saraivada de socos e o consulente foi ao chão, por causa do inesperado do ataque.

Instantaneamente, como num passe de mágica, o Mestre e o consulente já estavam em outro lugar, muito semelhante ao primeiro e outro homem se aproximava. O Mestre, então comentou:

- Agora, você já sabe como reage um homem do nível 1. Não pensa. Age mecanicamente. Revida sem pensar. Aprendeu a agir dessa maneira e esse aprendizado é tudo para ele, é o que norteia sua vida, é sua "muleta". Agora, você testará da mesma maneira o nosso companheiro que vem ai, do nível 2.

Quando o homem se aproximou, o consulente pediu que parasse e lhe deu um tapa. O homem ficou assustado, olhou para o consulente, mediu-o de cima a baixo e, sem dizer nada, revidou com um tapa, um pouco mais forte.

Instantaneamente, já estavam em outro lugar muito semelhante ao primeiro.

- Agora você já sabe como reage um homem do nível 2. Pensa um pouco, analisa superficialmente a situação, verifica se está à altura do adversário e aí, então, revida. Se se julgar mais fraco, não revidará imediatamente, pois irá revidar à traição. Ainda é carregado pelo mesmo tipo de "muleta" usada pelo homem do nível 1. Só que analisa um pouco mais as coisas e fatos da vida. Entendeu? Repita o mesmo com esse que vem chegando.

A cena repetiu-se. Ao receber o tapa, o homem parou, olhou para o consulente e assim falou:

- O que é isso, moço?... Mereço uma explicação, não acha? Se não me explicar direitinho por que razão me bateu, vai levar uma surra! Estou falando sério!

- Eu e o Mestre estamos realizando uma série de experimentos e este experimento consta exatamente em fazer o que fiz, ou seja, bater nas pessoas para ver como reagem.

- E querem ver como reajo?

- Sim. Exatamente isso...

- Já reparou que não tem sentido?

- Como não? Já aprendemos ótimas lições com as reações das outras pessoas. Queremos saber qual a lição que você irá nos ensinar...

- Ainda não perceberam que isso não faz sentido? Por que agredir as pessoas assim, gratuitamente?

- Queremos verificar - interferiu o Mestre - as reações mais imediatas e primitivas das pessoas. Você tem alguma sugestão ou consegue atinar com alguma alternativa?

- De momento, não me ocorre nenhuma. De uma coisa, porém, estou certo: esse teste é muito bárbaro, pois agridem os outros. Estou realmente muito assustado e chocado com essa ação de vocês, que parecem pessoas inteligentes e sensatas. Certamente deverá haver algo menos agressivo e mais inteligente. Não acham?

- Enfim - perguntou o buscador - como você vai reagir? Vai revidar? Ou vai nos ensinar uma outra maneira de conseguir aprender o que desejamos?

- Já nem sei se continuo discutindo com vocês, pois acho que estou perdendo meu tempo. São dois malucos e tenho coisas mais importantes para fazer do que ficar conversando com dois malucos. Afinal, meu tempo é precioso demais e não vou desperdiçá-lo com vocês. Quando encontrarem alguém que não seja tão sensato e paciente como eu, vão aprender o que é agredir gratuitamente as pessoas. Que outro, em algum lugar, revide por mim. Não vou nem perder meu tempo com vocês, pois não merecem meu esforço... São uns perfeitos idiotas... Imagine só, dar tapas nos outros... Besteira... idiotice... falta do que fazer... E ainda querem me convencer de que estão buscando conhecimento... Picaretas! Isso é o que vocês são! Uns picaretas! Uns charlatães!

Imediatamente, aquela cena apagou-se e já se encontravam em outro lugar, muito semelhante a todos os outros. Então, o Mestre comentou:

- Agora você já sabe como age o homem do nível 3. Gosta de analisar a situação, discutir os pormenores, criticar tudo, mas não apresenta nenhuma solução ou alternativa, pois ainda usa as mesmas "muletas" que os outros dois anteriores também usavam. Prefere deixar tudo "pra lá", pois "não tem tempo" para se aborrecer com a ação, que prefere deixar para os "outros".

É um erudito e teórico que fala muito, mas que age muito pouco e não apresenta nenhuma solução para nenhum problema, a não ser a mais óbvia e assim mesmo, olhe lá... É um medíocre enfatuado, cheio de erudição, que se julga o "Dono da Verdade", que se acha muito "entendido" e que reclama de tudo e só sabe criticar. É o mais perigoso de todos, pois costuma deter cargos de comando, por ser, geralmente, portador de algum diploma universitário em nível de bacharel (mais outra "muleta") e se pavoneia por isso.

Possui instrução e muita erudição. Já consegue ter um pouquinho mais de percepção das coisas, mas é somente isso. Ainda precisa das "muletas" para continuar vivendo, mas começa a perceber que talvez seja melhor andar sem elas. No entanto, por "preguiça vital" e simples falta de força de vontade, prefere continuar a utilizá-las. De resto, não passa de um medíocre enfatuado que sabe apenas argumentar e tudo criticar. Vamos agora saber como reage um homem do nível 4. Faça o mesmo com esse que aí vem.

E a cena repetiu-se. O caminhante olhou para o buscador e perguntou:

- Por que você fez isso? Eu fiz alguma coisa errada? Ofendi você de alguma maneira? Enfim, gostaria de saber por que motivo você me bateu. Posso saber?

- Não é nada pessoal. Eu e o Mestre estamos realizando um experimento para aprender qual será a reação das pessoas diante de uma agressão imotivada.

- Pelo visto, já realizaram este experimento com outras pessoas. Já devem ter aprendido muito a respeito de como reagem os seres humanos, não é mesmo?

- É... Estamos aprendendo um bocado. Qual será sua reação? O que pensa de nosso experimento? Tem alguma sugestão melhor?

- Hoje vocês me ensinaram uma nova lição e estou muito satisfeito com isso e só tenho a agradecer por me haverem escolhido para participar deste seu experimento. Apenas acho que vocês estão correndo o risco de encontrar alguém que não consiga entender o que estão fazendo e revidar a agressão. Até chego a arriscar-me a afirmar que vocês já encontraram esse tipo de pessoa, não é mesmo? Mas também se não corrermos algum risco na vida, nada jamais poderá ser conseguido em termos de evolução. Sob esse ponto de vista, a metodologia experimental que vocês imaginaram é tão boa como outra qualquer. Já encontraram alguém que não entendesse o que estão a fazer e igualmente reações hostis, não é mesmo? Por outro lado, como se trata de um aprendizado gostaria muito de acompanhá-los para partilhar desse aprendizado. Aceitaria-me como companheiro de jornada? Gostaria muito de adquirir novos conhecimentos. Posso ir com vocês?

- E se tudo o que dissemos for mentira? E se estivermos mal-intencionados? - perguntou o Mestre - Como reagiria a isso?

- Somente os loucos fazem coisas sem uma razão plausível. Sei muito bem distinguir um louco de um são e, definitivamente, tenho a mais cristalina das certezas de que vocês não são loucos. Logo, alguma razão vocês deverão ter para estarem agredindo gratuitamente as pessoas... Essa razão que me deram é tão boa e plausível como qualquer outra. Seja ela qual for, gostaria de seguir com vocês para ver se minhas conjecturas estão certas, ou seja, de que falaram a verdade e, se assim for, compartilhar da experiência de vocês. Enfim, desejo aprender cada vez mais, e esta é uma boa ocasião para isso. Não acham?

Instantaneamente tudo se desfez e logo estavam em outro ambiente, muito semelhante aos anteriores. O Mestre assim comentou:

- O homem do nível 4 já está bem distanciado e se desligando gradativamente dos afazeres mundanos. Já sabe que existem outros níveis mais baixos e outros mais elevados e está buscando apenas aprender mais e mais para evoluir, para tornar-se um sábio. Não é, em absoluto, um erudito (embora até mesmo possa possuir algum diploma universitário) e já compreende bem a natureza humana para fazer julgamentos sensatos e lógicos. Por outro lado, possui uma curiosidade muito grande e uma insaciável sede de conhecimentos. E isso acontece porque abandonou suas "muletas" há muito pouco tempo, talvez há um mês ou dois. Ainda sente falta delas, mas já compreendeu que o melhor mesmo é viver sem elas.

Dentro de muito pouco tempo, só mais um pouco de tempo, talvez mais um ano ou dois, assim que se acostumar, de fato, a sequer pensar nas "muletas", estará realmente começando a trilhar o caminho certo para os próximos níveis. Mas vamos continuar com o nosso aprendizado. Repita o mesmo com este homem que aí vem, e vamos ver como reage um homem do nível 5.

O tapa estalou.

- Filho meu... Eu bem o mereci por não haver percebido que estavas necessitando de ajuda. Em que te posso ser útil?

- Não entendi... Afinal, dei-lhe um tapa. Não vai reagir?

- Na verdade, cada agressão é um pedido de ajuda. Em que te posso ajudar, filho meu?

- Estamos dando tapas nas pessoas que passam, para conhecermos suas reações. Não é nada pessoal...

- Então, é nisso que te posso ajudar? Ajudar-te-ei com muita satisfação pedindo-te perdão por não haver logo percebido que desejas aprender. É meritória tua ação, pois o saber é a coisa mais importante que um ser humano pode adquirir. Somente por meio do saber é que o homem se eleva. E se estás querendo aprender, só tenho elogios a te oferecer. Logo aprenderás a lição mais importante que é a de ajudar desinteressadamente as pessoas, assim como estou a fazer com vocês neste momento. Ainda terás um longo caminho pela frente, mas se desejares, posso ser o teu guia nos passos iniciais e te poupar de muitos transtornos e dissabores. Sinto-me perfeitamente capaz de guiar-te nos primeiros passos e fazer-te chegar até onde me encontro. Daí para diante, faremos o restante do aprendizado juntos. O que achas da proposta? Aceitas-me como teu guia?

Instantaneamente a cena se desfez e logo se viram em outro caminho, um pouco mais agradável do que os demais, e o Mestre assim se expressou:

- Quando um homem atinge o nível 5, começa a entender que a Humanidade em geral, digamos, o homem comum, é como uma espécie de adolescente que ainda não conseguiu sequer se encontrar e, por esse motivo, como todo e qualquer bom adolescente, é muito inseguro e, devido a essa insegurança, não sabe como pedir ajuda e agride a todos para chamar atenção sobre si mesmo e pedir, então, de maneira velada e indireta, a ajuda de que necessita. O homem do nível 5 possui a sincera vontade de ajudar e de auxiliar a todos desinteressadamente, sem visar vantagens pessoais. É como se fosse uma Irmã Dulce ou uma Madre Teresa de Calcutá da vida. Sabe ser humilde e reconhece que ainda tem muito a aprender para atingir níveis evolutivos mais elevados. E deseja partilhar gratuitamente seus conhecimentos com todos os seres humanos. Compreende que a imensa maioria dos seres humanos usa "muletas" diversas e procura ajudá-los, dando-lhes exatamente aquilo que lhe é pedido, de acordo com a "muleta" que estão usando ou com o que lhes é mais acessível no nível em que se encontram. A partir do nível 5, o ser humano adquire a faculdade de perceber em qual nível o seu interlocutor se encontra. Agora, dê um tapa nesse homem que aí vem. Vamos ver como reage o homem do nível 6.

E o buscador iniciou o ritual. Pediu ao homem que parasse e lançou a mão ao seu rosto. Jamais entenderá como o outro, com um movimento quase instantâneo, desviou-se e a sua mão atingiu apenas o vazio.

- Meu filho querido! Por que você queria ferir-se a si mesmo? Ainda não aprendeu que agredindo os outros, você estará agredindo a si mesmo? Você ainda não conseguiu entender que a Humanidade é um organismo único e que cada um de nós é apenas uma pequena célula desse imenso organismo? Seria você capaz de provocar, deliberadamente, em seu corpo um ferimento que vai doer muito e cuja cicatrização orgânica e psíquica vai demorar muito e causará muito sofrimento inútil?

- Mas estamos realizando um experimento para descobrir qual será a reação das pessoas a uma agressão gratuita.

- Por que você não aprende primeiro a amar? Por que, em vez de dar um tapa, não dá um beijo nas pessoas? Assim, em lugar de causar-lhes sofrimento, estará demonstrando Amor. E o Amor é a Energia mais poderosa e sublime do Universo... Se você aprender a lição do Amor, logo poderá ensinar Amor para todas as outras células da Humanidade, e tenho a mais concreta certeza de que, em muito pouco tempo, toda a Humanidade será um imenso organismo que distribuirá Amor por todo o Planeta e daí, por extensão, emitirá vibrações de Amor para todo o Universo. Eu amo a todos como amo a mim mesmo. No instante em que você compreender isso, passará a amar a si mesmo e a todos os demais seres humanos da mesma maneira e terá aprendido a Regra de Ouro do Universo: Tudo é Amor! A vida é Amor! Nós somos centelhas de Amor! E por tanto amar você, jamais poderia permitir que você se ferisse, agredindo a mim. Se você ama uma criança, jamais permitirá que ela se machuque ou se fira, porque ela ainda não entende que se agir de determinada maneira perigosa irá ferir-se e irá sofrer. Você a ampararia, não é mesmo? Você deverá aprender, em primeiro lugar a Lição do Amor, a viver o Amor em toda a sua plenitude, pois o Amor é tudo e, se você está vivo, deve sua vida a um Ato de Amor. Pense nisso, medite muito sobre isso. Dê Amor gratuitamente. Ensine Amor com muito Amor e logo verá como tudo a seu redor vai ficar mais sublime, mais diáfano, pois você estará flutuando sob os influxos da Energia mais poderosa do Universo, que é o Amor. E sua vida será sublime...

Instantaneamente, tudo se desfez e se viram em outro ambiente, ainda mais lindo e repousante do que este último em que estiveram. Então o Mestre falou:

- Este é um dos níveis mais elevados a que pode chegar o Ser Humano em sua senda evolutiva, ainda na Matéria, no Planeta Terra. Um homem que conseguiu entender o que é o Amor, já é um Homem sublime, inefável e quase inatingível pelas infelicidades humanas, pois já descobriu o Começo da Verdade, mas ainda não a conhece em toda a sua plenitude, o que só acontecerá quando atingir o nível 7. Logo você descobrirá isso. Dê um tapa nesse homem que aí vem chegando.

E o buscador pediu ao homem que parasse. Quando seus olhares se cruzaram, uma espécie de choque elétrico percorreu-lhe todo o corpo e uma sensação mesclada de amor, compaixão, amizade desinteressada, compreensão, de profundo conhecimento de quase tudo que se relaciona à vida e um enorme sentimento de extrema segurança encheu-lhe todo o seu ser.

- Bata nele! - ordenou o Mestre.
- Não posso, Mestre, não posso...

- Bata nele! Faça um grande esforço, mas terá que bater nele! Nosso aprendizado só estará completo se você bater nele! Faça um grande esforço e bata! Vamos! Agora!

- Não, Mestre. Sua simples presença já é suficiente para que eu consiga compreender a futilidade de lhe dar um tapa. Prefiro dar um tapa em mim mesmo. Nele, porém, jamais!

- Bate-me - disse o Homem com muita firmeza e suavidade - pois só assim aprenderás tua lição e saberás finalmente porque ainda existem guerras na Humanidade.

- Não posso... Não posso...Não tem o menor sentido fazer isso...

- Então - tornou o Homem - já aprendeste tua lição. Quem, dentre todos em quem bateste, a ensinou para ti? Reflete um pouco e me responde.

- Acho que foram os três primeiros, do nível 1 ao 3. Os outros apenas a ilustraram e a complementaram. Agora compreendo o quão atrasados eles estão e o quanto ainda terão que caminhar na senda evolutiva para entender esse fato. Sinto por eles uma compaixão muito profunda. Estão de "muletas" e não sabem disso. E o pior de tudo é que não conseguem perceber que é até muito simples e muito fácil abandoná-las e que, no preciso instante em que as abandonarem, começarão a progredir. Era essa a lição que eu deveria aprender?

- Sim, filho meu. Essa é apenas uma das muitas facetas do Verdadeiro Aprendizado. Ainda terás muito que aprender, mas já aprendeste a primeira e a maior de todas as lições. Existe a Ignorância! - volveu o Homem com suavidade e convicção - Mas ainda existem outras coisas mais que deves ter aprendido. O que foi?

- Aprendi também que é meu dever ensiná-los para que entendam que a vida está muito além daquilo que eles julgam ser muito importante - as suas "muletas" - e também sua busca inútil e desenfreada por sexo, status social, riquezas e poder. Nos outros níveis, comecei a entender que para se ensinar alguma coisa para alguém é preciso que tenhamos aprendido aquilo que vamos ensinar. Mas isso é um processo demorado demais, pois todo mundo quer tudo às pressas, imediatamente...

- A Humanidade ainda é uma criança, mal acabou de nascer, mal acabou de aprender que pode caminhar por conta própria, sem engatinhar, sem precisar usar "muletas". O grande erro é que nós queremos fazer tudo às pressas e medir tudo pela duração de nossas vidas individuais. O importante é que compreendamos que o tempo deve ser contado em termos cósmicos, universais. Se assim o fizermos, começaremos, então, a entender que o Universo é um organismo imenso, ainda relativamente novo e que também está fazendo seu aprendizado por intermédio de nós - seres vivos conscientes e inteligentes que habitamos planetas disseminados por todo o espaço cósmico. Nossa vida individual só terá importância mesmo, se conseguirmos entender e vivenciar este conhecimento, esta grande Verdade: - Somos todos uma imensa equipe energética atuando nos mais diversos níveis energéticos daquilo que é conhecido como Vida e Universo, que, no final das contas, é tudo a mesma coisa.

- Mas sendo assim, para eu aprender tudo de que necessito para poder ensinar aos meus irmãos, precisarei de muito mais que uma vida. Ser-me-ão concedidas mais outras vidas, além desta que agora estou vivendo?

- Mas ainda não conseguiste vislumbrar que só existe uma única Vida e tu já a estás vivendo há milhões e milhões, nos mais diversos níveis? Tu já foste energia pura, átomo, molécula, vírus, bactéria, enfim, todos os seres que já apareceram na escala biológica. E tu ainda és tudo isso. Compreende, filho meu, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.

- Mas mesmo assim, então não terei tempo, neste momento atual de minha manifestação no Universo, de aprender tudo o que é necessário ensinar aos meus irmãos que ainda se encontram nos níveis 1, 2 e 3.

- E quem o terá jamais, algum dia? Mas isso não tem a menor importância, pois tu já estás a ensinar o que aprendeste nesta breve jornada mental. Já aprendeste que existem 7 níveis evolutivos possíveis aos seres humanos, aqui, agora, neste Planeta Terra.

O autor deste conto conseguiu transmiti-lo, há alguns milênios, através da tradição oral, durante muitas e muitas gerações. O autor deste trabalho, ao ler esse conto, há muitos anos atrás, também aprendeu a mesma lição e agora a está transmitindo para todos aqueles que vierem a lê-lo e, no final, alguns desses leitores, um dia ensinarão essa mesma lição a outros irmãos humanos. Compreendes agora que não será necessário mais do que uma única vida como um ser humano, neste Planeta Terra, para que aprendas tudo e que possas transmitir esse conhecimento a todos os seres humanos nos próximos milênios vindouros? É só uma questão de tempo, não concordas, filho meu? Agora, se quem deste aprendizado tomar conhecimento e, assim mesmo, não desejar progredir, não quiser deixar de lado as "muletas" que está usando ou não quiser aceitar essa verdade tão cristalina, o problema e a responsabilidade já não serão mais teus. Tu e todos os demais que estão transmitindo esse conhecimento já cumpriram as suas partes. Que os outros, os que dele estão tomando conhecimento, cumpram as suas. Para isso são livres e possuem o discernimento e o livre arbítrio suficientes para fazer suas escolhas e nada tens com isso. Entendeste, filho meu?"

Texto (até onde sei) anônimo

tirado do saindodamatrix

viva! viva! viva a sociedade da cacofonia!  

2 x23 comentários

15.10.08

Tenham Todos um Nietzsche Dia  

3 x23 comentários



15 do 10, ou 64 do 4, 164 anos do nascimento do bigode.
é obvio que não dava pra deixar passar.

rolou um evento CacoParrachiano extraordinário hoje.
uma oficina de meditação e depois...
bem, depois pusemos máscaras dele e saimos por metade do centro da cidade citando-o e "discutindo" tais citações em alto e bom tom, para que todos pudessem ouvir!
sucesso total, again.

mais sobre:
.calendário anno caos
.fotos & videos do evento
.sobre eventos caco|parrachianos
.Nietzsche segundo Ari de Almeida



9.10.08

pessoas comprando minhas camisas = eventos cacofonicos cada vez melhores  

3 x23 comentários

cariocas de passagem, manjem só:

camisas com estampas personalizadas, apartir de R$10,00.
todas feitas com malhas e tintas de qualidade.

algumas estampas sugeridas podem ser encotradas em
http://www.flickr.com/photos/30249040@N06/sets/72157607553391410/

também cumprimos encomendas de ilustrações específicas, grandes quantidades E
parte da renda obtida é convertida em patrocínio para eventos cacofônicos!

ou seja, comprando as camisas do cachaça você estarágarantindo a qualidade dos eventos os quais provavelmente estará convidado!

3.10.08

Indico:  

1 x23 comentários

esse post será atualizado perpétuamente com links e afins de coisas úteis e afins.


[3/10 ou 57/4
CIEDS - Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é "uma ONG comprometida com a formação e transformação dos grupos com quem trabalha". Está aqui pelo mesmo motivo do Metara.

]


[23/9 ou 47/4
Metara - é “uma agência de comunicação dedicada à responsabilidade socioambiental, à promoção dos Direitos Humanos Econômicos, Socias, Culturais e Ambientais (DhESCA) e à divulgação e incremento de políticas públicas” – uma “empresa” de comunicação que trabalha voltada somente à área de direitos humanos, existe a mais de 7 anos e conheço metade da equipe. É recomendado porque contém matérias, fontes, conceitos e contatos bastante úteis pra quem quer fazer alguma diferença.
]

[19/08 ou 12/4
lokismocroned (orkut / Blog / Fórum / Sítio ) - o "crossroads" da nata da cultura freak, segundo iquiz.
Editora Deriva - "Editora de contra-cultura e outras pirações, literalmente a Deriva!". Muitas coisas úteis, altamente recomendado.
PirateBay - o melhor site de torrents que há. A moral e a interessante postura (até pelo nome, não?) deles pode ser percebida aqui e aqui, por exemplo. Também recomendo o uso de torrents como meio de se baixar coisas pela rede, mais eficiênte e seguro (e cool!).
]

6.9.08

AGORISMO MANIFESTO  

1 x23 comentários

trecho, do dia 5 do corrente mes, entre 23:00 e 23:23, da conversa entre mim e o Rev.banana rulminanteBeraldo

vamos brigar? says (23:00):

vou criar uma interpretação pr´pria
e pretendo intruzi-la ao grupo como fiz com a psicogeografia
:
rev. Beraldo says (23:12):
hmm
vamos brigar? says (23:15):
assim como o espaço urbano é subvertido na psicogeografia
como a consciência é subvertida na anarquitextura
as práticas econômicas serão subvertidas com o agorismo
rev. Beraldo says (23:16):
hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
vamos brigar? says (23:16):
como assim?
simples:
assim como se observa a sí próprio para comer o cu do ego
observa-se como é gasto o dinheiro para comer o cu do consumismo dentro de sí
rev. Beraldo says (23:18):
hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
INTERESSANTE
continue.
vamos brigar? says (23:18):
1a regra!
#nao se gasta mais dinheiro com coisas alienantes/ruminantes durante eventos cacofônícos
2a regra:
#não siga regras, analise as circunstâncias

fim.

rev. Beraldo says (23:20):
hahahahahahhaha
curti
vamos brigar? says (23:21):
vou copiar esse pedaço dessa conversa
vai ser o manifesto
rev. Beraldo says (23:21):
hahahahahhaa
DAHORA!
sou parte de um manifesto
vamos brigar? says (23:22):
hauahuahau
é verdade
e olha amerda:
foi criado as 23h
rev. Beraldo says (23:23):
hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
vai dar merda.


3.9.08

Construindo Aulas Menos Piores (atualização d"O que há de errado")  

5 x23 comentários

o texto morreu, a ideia está dando certo.

nada mais a dizer.

31.8.08

ANARQUITEXTURA  

1 x23 comentários



anarquitextura x engenharia de ruído cultural

EM BREVE



18.8.08

[atualizado] 1° Campeonato Amistoso de Psicogeografia e Stencil de Santa Teresa RJ  

0 x23 comentários

Na hora, tudo escorreu bem. O plano inicial foi por águ'a baixo, mas a improvisação foi maestral.
Ou seja, sucesso total, de novo.

Os grandes e paudurescentes vencedores são: Rodrigo, Cachaça, Gibi, jimmu (W.O.), Geo e 5!
Sobre o Prêmio, nada será divulgado.


o [3°] encontro cacofônico também serviu como berço para uma... "teoria da ação" bastante interessante. por enquanto se chama Anarquitextura. Mais será dito sobre isso mais tarde.

###########################################################################



acontecerá espinho-espinho agora, 10 de burocracia (17/08)

contará com a ilustre presença de pessoas como: cachaça ( =D ), 5, gibi (hihiwalker), jìmmú vô do vô, incendia, arthuro e muitos outros!


sobre Estêncils

sobre PsicoGeografia & Anarquitetura
sobre PsicoGeografia & Anarquitetura2

mais informações, pelos comentários.

13.8.08

.o palhaço.  

0 x23 comentários




idealizei enquanto meditava na volta da aula pra casa.
pode ser um poema, ainda estou esculpindo.
vou tentar por isso nas ruas, e onde estudo já tem um rascunho, também.

10.8.08

TESTANDO testando Testando TesTaNdO  

1 x23 comentários

teste teste teste teste teste

testando!

teste
testeteste

testetestetestetes tetestetestetes tetestetesteteste testetesteteste testeteste testetestetesteteste testeteste teste teste testeteste testetestetestetestetesteteste.
  • teste
  • teste
  1. teste
  2. teste
  3. teste
  4. teste
  5. teste
testetestetesteteste
testeteste


Related Posts with Thumbnails